Quanto custa desenvolver um aplicativo?

Quanto custa para desenvolver um aplicativo? Essa a dúvida mais recorrente para quem deseja criar um app. Apesar de parecer simples, essa questão é bem complicada de responder. O problema é que existem muitos fatores envolvidos no desenvolvimento de um aplicativo móvel.

A mão de obra é só o primeiro e mais básico desses fatores. Existe uma diferença muito grande entre contratar um freelancer de uma equipe de desenvolvimento e contratar  uma agência especializada em apps, por exemplo. Ter um aplicativo que exige um servidor back-end estruturado ou APIs integradas pode variar drasticamente o valor de um app que é totalmente autônomo. E claro que os custos podem variar de acordo com cada solicitação.

Como saber se esse valor que estou pagando é justo? Será que está barato ou caro? Essas são outras dúvidas que ficam na cabeça de quem solicita o desenvolvimento de um aplicativo. Até porque, quem está investindo nesse serviço, vai preferir um ROI que seja ao menos satisfatório.

Confira algumas variáveis que no preço do desenvolvimento de aplicativos:

Qualidade: Na prática, todos os aplicativos devem sempre ter ótima qualidade e atender às expectativas de quem solicita. A equipe necessária para desenvolver uma aplicativo envolve, basicamente, um programador (às vezes, um para Android e um para iOS), um gerente de projetos, um designer, um desenvolvedor web e um desenvolvedor backend (alguns desenvolvedores web também conseguem desenvolver o backend). Muitas vezes, as empresas não contam com uma equipe completa, nem com profissionais especializados para fazer o desenvolvimento. Por isso, oferecem preços mais baratos mas a qualidade fica comprometida. Dessa forma, quanto maior o nível de qualidade que o aplicativo tiver, mais caro ele fica.

Design: Esse quesito afeta diretamente em como será a experiência do usuário ao utilizá-lo. Isso pode determinar o fracasso ou o sucesso do aplicativo. Isso porque os usuários desejam algo que facilite a vida deles, não que complique mais ainda.

Monetização: Existem alguns tipos de monetização de aplicativos. Podem ser gratuitos e incluir publicidade. Podem ser pagos e oferecer serviços como mensalidades e pacotes. Ainda existem aqueles que permitem vendas dentro do aplicativo, como um e-commerce, que pode ser considerado um dos tipos mais caros. Isso porque é preciso garantir um certo nível de segurança nas negociações efetuadas dentro do desse tipo de app.

Login e perfil de usuário: Normalmente, a maior parte dos aplicativos exigem inicialmente que o usuário realize um cadastro e um login antes de utilizarem as funcionalidades disponíveis. A necessidade de o usuário ter de fazer login no aplicativo usando o e-mail e/ou redes sociais e a criação de um perfil também encarece o valor.

Integração com website e painel administrativo: Muitas vezes, o app em si é apenas a ponta do iceberg da solução completa. Dessa forma, é normal haver integrações com websites e painéis administrativos que alimentam seu conteúdo, processam e fazem toda a tutoria dos dados que são apresentados no aplicativo.

Multilíngue, bilíngue ou uma única linguagem: Quais idiomas ele vai suportar? Será um app inglês/português? Essa questão é importante porque preparar um aplicativo que suporte mais de um idioma é trabalho adicional no processo de desenvolvimento e, talvez exija até um tradutor/intérprete profissional. Por isso, nesse caso, o valor aumenta também.

Esses são apenas os elementos básicos.  Mesmo assim já dá para se ter uma ideia do que se deve considerar na cotação. Isso sem esquecer que o custo para um aplicativo envolve UX, concepção, desenvolvimento, gestão inicial do projeto, entre outros. Terá ainda um orçamento mínimo exigido para atualizações contínuas e até mesmo alguns custos de servidor.

Como você viu, são muitos os fatores que devem ser levados em conta quando vamos calcular o custo de um aplicativo. Por isso, não acredite em orçamentos que apresentem valores muito atrativos. O melhor é confiar o desenvolvimento do seu aplicativo a quem realmente entende do assunto e possui cases de sucesso para provar isso. Uma agência como a Fresh Lab! Acesse nosso site, confira nossas soluções e solicite um orçamento sem compromisso. Converse com nosso time sobre seu aplicativo e receba uma proposta personalizada especialmente pensada para a sua ideia.

Curtiu este conteúdo?

Comentários
Escrito por freshlab em 02 de agosto de 2018
Contato

Vamos conversar sobre seu próximo projeto? Qual a sua necessidade?