Campanha de Mídia Programática
Publicado 3 de março de 2022 • 12:26Hrs
Mídia Programática

Hoje vamos falar um pouco mais sobre campanha de mídia programática, suas definições, objetivos e quais são as oportunidades alcançadas por ela. 

Mídia Programática é vista como o futuro do marketing, com o Google segmentando cerca de 60% dos orçamentos de publicidade gastos com a Programmatic só neste ano. Segundo revistas da área, a programática representará a maioria de todos os gastos nos próximos anos! A única coisa que atrapalha esse processo de mudança é a falta de conhecimento de muitas empresas sobre esse sistema é a relutância de aderir ao seu favor – em sua visão, o sistema é complexo, os lances automatizados são de riscos e pouco eficazes para a sua campanha. Todavia, é preciso percorrer um pouco mais o caminho do conhecimento e da dúvida e introduzir-se realmente ao mundo da mídia programática. 

Esse tópico da Fresh Lab é a sua oportunidade perfeita de descobrir mais sobre uma campanha de mídia programática, quais são seus benefícios e potenciais no marketing, suas terminologias e definições, além de conquistar ainda mais seu interesse no assunto. Vamos tentar ao máximo te detalhar sobre o assunto e, se surgir alguma dúvida, entre hoje mesmo em contato com a Fresh Lab!

Definindo mídia programática

Em termos simples, a mídia programática é o processo automatizado de compra e venda de conjuntos de anúncios por meio de uma troca, conectando anunciantes e editores. Então, pareceu complicado? Calma, a gente te explica!

O processo de campanha de mídia programática usa tecnologias de inteligência artificial e lances em tempo real para anúncios em dispositivos móveis, vídeos e redes sociais – em alguns casos, chegando até à televisão. O interesse de algumas marcas em mídia programática aumentou exponencialmente entre o final de 2013 e 2015, enquanto a maior parte da mídia gráfica começou a sofrer um grande declínio. Marcas começaram a se fortificar com especialistas em campanha de mídia programática, estudando sobre tendências no espaço do marketing e projetando seus crescimentos na construção de novas campanhas.

Afinal, todo o processo de automatização de compra de espaço funciona através das seguintes tecnologias:

  •  DSP’s (demand side platform): permitem adquirir espaço para anúncios por meio de uma troca de anúncios, como o Google Ad Manager, que apresenta inventário de publicidade dos editores;
  • SSP’s (supply side platforms): autoriza que editores gerenciem e ofereçam espaço para anunciantes, profissionais de marketing e outras partes interessadas em adquirir espaço para anúncios;
  • DMP (data management platforms): permite às organizações coletar e gerenciar dados do usuário para fins de marketing digital como mídia programática. Cookies de um site são um dos exemplos mais palpáveis. 

Assim, ao incorporarmos essas três tecnologias, bem como a inteligência artificial (IA), a mídia programática automatiza o processo de compra e licitação no espaço do anúncio. Afinal, IA também torna o processo mais inteligente, contando com os dados do usuário para entregar anúncios relevantes em milissegundos. 

Como funciona uma campanha de mídia programática?

Inegavelmente, existe um fluxo de compra programática resumido em poucas palavras:

  1. Uma pessoa clica em um site; 
  2. O proprietário do site coloca a impressão do anúncio em leilão (SSP); 
  3. Os anunciantes oferecem lances para a impressão (DSP); 
  4. O maior lance ganha a impressão do anúncio; 
  5. O anúncio é exibido no site para o usuário;
  6. O usuário clica no anúncio e converte;

Apesar de serem muitas etapas envolvidas, todo esse processo acontece em um instante. Além disso, os lances concorrentes são calculados por algoritmos e uma série de análises para determinar automaticamente o lance mais econômico. Por exemplo, se o usuário que clicou no site for um cliente em potencial forte para o seu anúncio, com base nos dados históricos de navegação e no perfil online, o lance exibido para sua impressão será maior.  

As tecnologias de IA possuem algoritmos que analisam o comportamento de um visitante, permitindo otimização de campanha em tempo real para um público com maior probabilidade de conversão. Empresas programáticas têm a capacidade de reunir esses dados de público-alvo para segmentar com mais precisão, seja de terceiros (próprios) ou de um provedor de dados terceiros. 

Tipos de mídia programática

No mundo das compras da era digital, você provavelmente já se deparou com o conceito de lances em tempo real ou RTB. A saber, RTB é apenas um tipo de mídia programática! Embora os leilões estáticos para o espaço de anúncios online envolvam a compra de milhares de impressões antecipadamente, o RTB permite lances para impressões de anúncios individuais, o que o torna muito focado do que a compra de anúncios em massa. 

Além do RTB, a programática também inclui outras formas avançadas de compra automatizada de anúncios, como ‘’programático direto’’ que é quando um anunciante compra impressões garantidas de anúncios em site específicos ou de editores selecionados. Com a compra programática direta, anunciantes têm espaço para anúncios em sites específicos de editores. No entanto, há menos capacidade de ajustar a segmentação por público-alvo! 

Você sabia que muitos compradores usam o RTB e o programático direto para garantir o melhor mix de posicionamento de anúncios digitais?

Então, por que e existe medo por parte das marcas?

Uma campanha de mídia programática é essencialmente projetada para ser escalável, eficiente e precisa. Então, por que alguns profissionais e marcas hesitam em tentar? Pode haver várias razões pelas quais as marcas não tem certeza sobre esse tipo de campanha, mas abordaremos as três principais preocupações dos setores quanto à mídia programática e explicaremos como essa tecnologia tem ajudado a resolver muitos problemas! 

Anúncios fraudulentos

São uma grande preocupação na execução de campanha programática ou gráfica em geral, pois mais de ⅓ do tráfego online é fraudulento. Assim, com os avanços da tecnologia programática, identificamos o tráfego fraudulentos com base no comportamento do usuário. Por um curto período de tempo, a tecnologia continua aprendendo quais leads são de menor qualidade, permitindo que os profissionais direcionem campanhas para os tipos de leads com maior probabilidade de conversão, aumentando o ROI geral.

Visibilidade

Com a mídia programática, ajustamos sua campanha com base se seu está acima da dobra (ATF) ou abaixo da dobra (BTF), permitindo uma campanha mais estratégica com base em sua meta final. Então, se uma campanha é mais uma iniciativa de marca, o posicionamento do anúncio pode não ser um grande foco para a campanha em geral. No entanto, se uma campanha se concentrar na geração de leads e conversões, o posicionamento do anúncio ATF seria a prioridade para obter visibilidade máxima. 

Motivos de segurança da marca

Empresas especializadas em garantir a segurança de uma marca agora estão integradas à muitos anunciantes programáticos, esforçando-se para garantir que os anúncios sejam exibidos apenas em páginas da marca. Com a programação, nossos profissionais tem as informações necessárias para obter os melhores resultados em sua campanha!

Quais são os benefícios da Mídia Programática?

Apesar dos pesares, é preciso reconhecer como uma campanha de mídia programática abre um leque de oportunidades que não seriam possíveis em um posicionamento manual, como era feito antigamente. Ela permite que os anunciantes adquiram mídia digital sem ter que negociar previamente um preço, pagando apenas pela impressão relevante que realmente recebem. Eles também podem se inscrever para obter um número mínimo de impressões ou um orçamento mínimo, o que torna o marketing digital mais flexível e acessível aos editores, o que reduz os custos de administração. 

Usando dados do cliente, a tecnologia programática nos ajuda a identificar o que ressoa com cada indivíduo e direcioná-lo para os sites nos quais tem maior probabilidade de envolvimento e nos momentos que são mais oportunos para isso. Além disso, a tecnologia presente na mídia programática trabalha continuamente para identificar e resolver esses problemas, aprimorando-se com a administração de cada especialista.

A seguir, listamos os cinco principais benefícios presentes na mídia programática que a Fresh Lab mais tem se esforçado para concentrar em suas campanhas: 

  1. Segmentação de KPIs: a tecnologia programática trabalhando continuamente para melhorar o desempenho dos KPIs das suas campanhas e aumentar o ROI geral; 
  2. Custo-benefício: com a programação, os anunciantes tem a capacidade de ajustar os CPMs em tempo real, dependendo do valor dessa impressão; 
  3. Obter mais informações sobre seu cliente: saber mais sobre o público é a peça-chave para uma estratégia de marketing digital. Em uma campanha de mídia programática coletamos dados ‘’inteligentes’’’ com base no tipo de pessoa que se envolve com sua marca. A partir dos aprendizados colhidos, aplicamos esforços já conhecidos do marketing para aumentar o desempenho geral da campanha, criando uma abordagem mais holística; 
  4. Compra mais fácil de mídia: esquecemos da complicação de RFIs, RFQs e RFPs e nos concentramos em uma estratégia geral por meio da mídia programática;
  5. Escalabilidade: programática permite alcançar um público maior em vários sites e pontos de contato de maneira oportuna e eficiente.

Sua campanha está nas mãos da Fresh Lab!

O futuro é brilhante para qualquer campanha de mídia programática e este é um ótimo momento para entrar nessa tendência crescente! O mercado nunca foi tão bom, especialmente para as marcas menores como a sua. Então, se fomos elucidativos o suficiente durante esse artigo, você só precisa tomar o próximo passo. Está animado para experimentar mídia programática e ver o que ela pode fazer por sua marca? 

Então está na hora de começar! A Fresh Lab está pronta para atender suas próximas demandas e trazer o que há de melhor em marketing digital. Converse com a nossa equipe de especialistas e receba uma proposta sem compromisso.

We grow together!

Como definir a audiência de Mídia Programática
Exemplos de Landing Page
Produção de conteúdo pra Landing Page
Criação de Landing Page para serviço
Criação de Landing Page para produto
Criação de Landing Page para e-Commerce
Criação de Landing Page para Curso
Criação de Landing Page para evento
1 2 3 12

Qual é o seu cenário atual?

Empresa Pequena

Preciso de ajuda para começar

Estou iniciando o meu negócio e preciso um plano adequado de marketing digital para fazer o meu negócio girar.
Como podemos ajudar
Empresa Média

Já faço, mas preciso melhorar

Já faço algumas ações de marketing digital, mas preciso melhorar a qualidade e performance das minhas ações.
Como podemos ajudar
Empresa Grande

Já tenho uma equipe interna

Já tenho uma equipe interna de marketing digital, mas a equipe está sobrecarregada e sinto que estamos estagnados.
Como podemos ajudar
Banner Case Emart Car
crossmenuchevron-downarrow-right
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram