Marketing Digital para Pequenas Empresas – Dicas Fresh Lab

Utilizar marketing digital para pequenas empresas conquistarem melhores resultados em negócios reais é possível, quando bem executado. Chega de dicas teóricas. Você precisa saber como implementar o marketing digital em sua empresa e é pra ontem!

Existem dois pontos muito importantes que precisamos expor antes mesmo de começar a falar sobre marketing digital.

  1. Não espere fazer negócio pela internet se sua empresa não tem uma boa presença digital. Os consumidores hoje são muito exigentes, e mesmo que você o atinja de outras formas, ele vai procurar por você na internet. Nesse momento é que todo seu esforço pode ir por água abaixo. Não ter boas páginas de destino por exemplo é algo que faz com que as pessoas desistam de fazer negócios com empresas.
  2. Replicar o mesmo conteúdo em diversas redes dificilmente dará resultado, pois cada canal tem suas especificações de postagem. Além disso, pode ser que de uma rede para a outra o conteúdo tenha que ser modificado também.

Marketing Digital para Pequenas Empresas

É sempre bom iniciar qualquer conversa sobre marketing digital dizendo que fazer negócio pela internet é possível e a realidade de muitas pessoas a muito tempo. Contudo, é importantíssimo reforçar que as pessoas só fazem negócios com empresas que são digitalmente confiáveis.

Isso quer dizer que se um dos clientes indicar os seus serviços para outra pessoa, elogiando e fazendo uma super propaganda do seu negócio e a pessoa não encontrar você bem posicionado no ambiente online, toda a propagando que foi feita perde a força. Entende?

Certamente, não é preciso pensar muito para entender essa relação. Você mesmo, que busca por conteúdos de marketing para pequenas empresas, quando for contratar uma agência para gerenciar sua presença online, vai buscar no Google e só entrará em contato com quem estiver mais bem posicionado. Consequentemente, quem está da segunda página em diante é praticamente descartado das opções.

Para estar bem posicionado no Google, é preciso ter um bom website

Talvez hoje a única forma de encontrar sua empresa na internet seja por meio das redes sociais. Não tem problema. Fizemos um vídeo falando sobre investimentos em anúncios no Google e dissemos que é melhor você enviar seus visitantes para uma boa página no Facebook do que para um site ruim.

Entende-se por “site ruim” websites muito antigos, que não tem uma boa versão para dispositivos móveis e também são lentos para abrir, por exemplo.

Caso sua empresa ainda não tenha um website, dependendo do segmento de mercado vai ser difícil você conquistar resultados. Alguns tipos de público precisam conhecer mais sobre a empresa e o produto antes de decidir fechar negócio. Para isso o site é fundamental.

Por outro lado, algumas empresas e empreendedores (as) conseguem manter um negócio apenas com as redes sociais. O problema é que centralizar todo seu canal de vendas em uma rede social só pode fazer com que você fique vítima dos algoritmos dessa plataforma.

marketing digital para pequenas empresas

Pense sobre o seu público

Antes de fazer alguma coisa efetivamente de marketing digital para pequenas empresas, você precisa pensar no seu público-alvo. Entende-se que se você tem uma empresa, você sabe quem é o seu público alvo.

Para descobrir quais são os canais mais efetivos para sua estratégia de marketing digital você pode fazer uma pesquisa de algumas horas na internet.

Elabore uma lista com seus 7 principais concorrentes digitais. Ou seja, os sete primeiros resultados do Google para a palavra chave mais relacionada com o seu negócio. Vasculhe as redes desses concorrentes e analise em qual canal eles tem mais relevância e engajamento. Pode ser que você descubra até mais de uma rede onde pode atuar e conquistar mais clientes para seu negócio.

Assim que você identificar esses canais, trace um plano de ação para começar a dar visibilidade à sua empresa nessas redes. É importante considerar que no início você provavelmente vai precisar de um valor mínimo de investimento em mídia, que sugerimos usualmente entre R$300 e R$500 por mês, por pelo menos três meses.

Se o seu negócio for muito novo ou desconhecido, pode ser que os resultados demorem ainda mais para surgir. Isso é a realidade de muitas empresas que acreditam que apenas estar na internet garante novas vendas e negócios.

Considere a possibilidade de que você primeiro precisa fazer com que as pessoas conheçam sua marca, para então cogitar a possibilidade delas comprarem algo da sua empresa. Dificilmente o processo será de outra maneira.

Frequência de conteúdos

Dedique-se a trabalhar conteúdo frequente na rede em que identificou como sendo a mais promissora para sua empresa. Pense que a internet serve inicialmente para que as marcas criem relacionamentos com as pessoas. E relacionamentos só são possíveis com um contato minimamente frequente.

Por isso, organiza-se para publicar em uma frequência adequada. Estude para identificar quais são os conteúdos mais interessante para o seu público alvo. Não há forma mais legítima de se tornar relevante para seus clientes do que entregar conteúdos relevantes e de qualidade. Isso vale ouro!

Além disso, visitantes que se identificam com os seus conteúdos chegam até você em um momento mais avançado do funil de conversões. Ele já entendeu a necessidade relacionada a seu serviço. O conteúdo também é uma forma de atrair mais acessos qualificados para o seu site.

Acima de tudo, não existe receita de bolo para ter sucesso com conteúdos na internet. Mas alguns dos requisitos que encontramos em todos os cases de sucesso são: conhecimento do público alvo, conteúdo inteligente e frequência certa.


Na prática, cada tipo de negócio tem estratégias digitais específicas que podem beneficiar a empresa. Visite nossa área de dicas de marketing digital para pequenas empresas diversificada por segmentos. Você provavelmente encontrará dicas valiosas por lá !

Não vá embora sem deixar o seu comentário 🙂

Curtiu este conteúdo?

Comentários
Jéssica BarbosaEscrito por Jéssica Barbosa em 03 de outubro de 2018
Contato

Vamos conversar sobre seu próximo projeto? Qual a sua necessidade?