Marketing Digital para loja de artigos esportivos

Acesse nosso blog e veja algumas dicas de marketing digital para loja de artigos esportivos. Como atrair mais clientes e vendas para seu comércio?

Conquistar um espaço no meio digital é cada dia mais difícil, não é mesmo? Para aqueles que estão buscando novas formas de divulgar sua empresa ou comércio, a internet é uma opção atrativa, desde que você tenha a estratégia certa.

Para o setor de artigos esportivos, algumas dicas simples podem fazer com que a internet seja sua aliada na captação de clientes. Pode ser até mesmo que você não tenha um website, as redes sociais ainda podem dar uma força.

marketing digital esportivo

Separamos algumas dicas e ações que você pode colocar em prática para atrair mais clientes até sua loja de artigos esportivos.

Marketing Digital para loja de artigos esportivos

Não consideramos determinante para o seu sucesso ter um website ou uma loja virtual. Existem muitos negócios que conseguem atrair clientes e vendas por meio das redes sociais. Contudo, esse trabalho precisa ser feito de forma consistente e estratégica.

Considere também que se você não tem um site ou uma loja virtual, provavelmente vai precisar investir em mídia para ter um bom resultado com as redes sociais. Veja o que você pode fazer nas redes sociais caso sua loja ainda não tenha um site.

  1. Marketing no Instagram

O Instagram é uma rede social de destaque para quem quer divulgar uma empresa. Mas não pense que publicar várias ofertas por dia vai fazer com que você tenha resultado.

Para trabalhar de forma efetiva no Instagram, é preciso ter em mente de que esta é uma rede social de imagens, então as pessoas estão lá para ver fotos bonitas. Isso quer dizer que, na prática, suas publicações no Instagram precisam ser bonitas visualmente para obter o resultado esperado.

Você pode trabalhar com descrição e preço do produto na legenda da foto, ao invés de escrever em cima da imagem. Prefira se aprimorar em tirar lindas fotos dos seus produtos e da sua loja.

Além disso, o recurso Histórias também é uma excelente forma de aproximar-se da sua audiência. Publique conteúdos relacionados ao cotidiano da loja, recebendo produtos, fotos dos vendedores. Isso pode fazer com que o público crie intimidade com seu estabelecimento.

As histórias em Destaque também são uma forma de exibir as categorias de produtos que existem na sua loja.

O Instagram ainda é um excelente canal para quem busca um crescimento orgânico, ou seja, natural e sem precisar pagar. Lembre-se que, em qualquer rede social, quando você paga ou impulsiona algum conteúdo, é possível selecionar o público que será atingido por sua publicidade. Isso é especialmente vantajoso quando você tem um conteúdo de qualidade e um público alvo bem definido.

Vale lembrar que você não precisa publicar todos os dias para obter resultados. Observe seus dados de aproveitamento e publicar nos melhores dias e horários do seu perfil.

2. Facebook

O Facebook ainda pode ser uma rede relevante para o seu negócio, especialmente se a sua loja já tem uma página. É mais difícil crescer sem pagar, pois o alcance orgânico do Facebook deixa bastante a desejar.

Contudo, ainda existem diversos recursos de publicidade no Facebook que podem ser interessantes para a sua loja. No Facebook sim, os usuários estão mais propensos à ofertas do que no Instagram. Trabalhar com promoções neste canal pode ser uma boa alternativa.

O Facebook ainda permite que a sua loja tenha avaliações, o que contribui muito para a reputação da loja e atração de novos cliente.

Sugerimos focar no impulsionamento de publicações com promoções no Facebook, do que em buscar engajamento. Uma publicação com uma boa chamada de texto, vantagens e uma boa imagem dificilmente passa despercebida no Facebook.

3. Youtube também pode ajudar

Mesmo que a sua empresa não possa criar conteúdo para o Youtube, você pode realizar uma pesquisa para encontrar influenciadores.

Ações com influenciadores são interessantes porque podem trazer resultados estrondosos para sua marca em pouco tempo. Identifique quem são as pessoas mais engajadas do seu segmento e envie um kit de produtos. Personalize, faça com que ela se sinta especial.

Um influenciador falando bem do seu produto pode ser mais rentável do que investir dinheiro em ações de vendas.


Essas são algumas redes sociais que consideramos atrativas caso a sua loja de artigos esportivos não tenha um site ou um e commerce.

Quando a sua loja tem um website ou vende online, outras possibilidades surgem. Podemos expandir as ações de marketing digital para outras redes e captar clientes em outros momentos da jornada de compras.

4. Anúncios no Google

Atuar com anúncios na Rede de Pesquisa faz com que sua loja seja uma das opções para usuários no exato momento da busca. Geralmente, esse tipo de usuário está mais decidido pela compra do que quem está navegando nas redes sociais e recebendo publicidade sugestiva.

Você pode começar com uma verba mínima de R$100 por semana, e disputar os resultados apenas da sua região. Se você não tem experiência com o Google Ads, tente ativar suas campanhas no Google Express, a ferramenta de anúncios do Google para iniciantes/donos de empresas.

5. Ficha do Google Meu Negócio

Esse é um item que também não exige que você tenha um site. Criar uma ficha do Google Meu Negócio significa que um resultado exclusivo do Google Maps aparecerá quando as pessoas pesquisarem pelo nome da sua loja no Google.

marketing-digital-fresh-lab

Certamente, isso é muito importante para que as pessoas encontrem informações básicas sobre onde você está, horário de funcionamento e até mesmo avaliações de outros usuários.


O marketing digital é viável para todos os tipos e tamanhos de negócios. Se você quer utilizar a internet ao seu favor, siga nossas dicas. Não vá embora sem deixar o seu comentário sobre o que achou desse conteúdo!

Curtiu este conteúdo?

Comentários
Jéssica BarbosaEscrito por Jéssica Barbosa em 18 de fevereiro de 2019
Contato

Vamos conversar sobre seu próximo projeto? Qual a sua necessidade?