Como começar sua estratégia de marketing digital

Aqui no blog da Fresh sempre compartilhamos conteúdos para aqueles que estão buscando otimizar sua estratégia de marketing digital. Hoje especialmente vamos publicar um passo a passo para começar sua estratégia de marketing digital do zero e buscar os resultados que você espera para sua empresa.

Não é preciso muito investimento para começar uma boa campanha de marketing digital. Mesmo que você não tenha experiência com anúncios, hoje a internet oferece ferramentas muito intuitivas e com tours guiados para que qualquer pessoa possa ser um anunciante.

E como não só de anúncios vive uma campanha, a sua estratégia de marketing digital também precisa incluir a produção de conteúdo, que não só é muito importante como fundamental para garantir bons resultados orgânicos importantes para você.

24

Mas, vamos com calma. Imaginando que você precisa construir uma estratégia de marketing digital do zero, siga os passos abaixo para pelo menos começar a esboçar o caminho que quer trilhar.

Todos prontos?

1 – Crie um espaço para sua marca/empresa

Pode ser que você não tenha investimento no começo para arcar com os custos do desenvolvimento de um site e isso vai ter que ficar para outro momento. Acalme-se pois esse não é o fim do mundo. Existem inúmeras contas gratuitas que você pode fazer para inserir sua empresa na internet: Página no Facebook, Company Pages no LinkedIn, Instagram, Twitter, Blog’s em WordPress, perfil no Pinterest, Medium e por aí vai.

18

Você precisa de um espaço para chamar de seu, onde você vai compartilhar os conteúdos definidos pela sua estratégia de marketing digital e atingir efetivamente as pessoas que importam para você – seus futuros clientes.

Qual canal escolher?

Já comentamos aqui no blog que nenhuma empresa é obrigada a estar em todas as redes sociais que existem, porque dificilmente o cliente final está em todas elas.

Para definir em qual site começar, analise o perfil das pessoas que você quer atingir e relacione isso com algumas opções que temos.

Veja alguns exemplos:

Se você trabalha com produtos físicos que podem ser vendidos pela internet, vai precisar de boas fotos para exibi-los. Agora, qual é a melhor rede social para compartilhamento de imagens?

Acertou quem pensou “Instagram”.

instagram

Claro, você vai precisar de algum tempo até construir uma boa audiência nesta rede, pois os usuários são exigentes e dificilmente respondem chamadas para ação que os tiram do app (como link’s que enviam para outro site por exemplo).

Contudo, ao utilizar-se de boas imagens e hashtags adequadas, você ganha destaque exibindo o que sua empresa tem de melhor.

Outro exemplo: sua empresa vende consultorias empresariais. Se você possui um orçamento razoável (acima de R$800,00 mês) para investimento em mídia, o LinkedIn é a melhor rede social para impactar profissionais da sua área de interesse.

25

Agora, se o orçamento para mídia for mais enxuto (entre R$200 e R$400/mês) uma boa campanha no Facebook Ads pode gerar resultados.

Resumindo: você mesmo pode definir em qual canal seu público de interesse está. Depois de decidir, crie o perfil da sua empresa utilizando uma boa imagem de capa e perfil.

  1. Seja facilmente identificado visualmente

Independente de qual rede você escolha para começar, saiba que a grande maioria dos usuários já está cansado de ver tanto conteúdo nas redes sociais. Principalmente conteúdo replicado.

É muito importante que você crie uma identidade visual única para sua comunicação digital. Suas peças devem transmitir com integridade sua mensagem e a imagem da empresa.

Também é importante se diferenciar dos demais e encontrar um tom de linguagem adequado ao seu tipo de produto e público de interesse.

Veja abaixo um exemplo de fanpage que trabalham uma boa unidade visual em suas peças:



Consegue perceber como as peças conversam em unidade? Todas utilizam a mesma fonte, os mesmos filtros coloridos. Algumas peças nem precisam da logo inserida para que as pessoas saibam que é do Spotify.

Claro que o Spotify conta com designers para desenvolver essas peças, mas esse não é um trabalho tão difícil quanto parece. Você pode encontrar ferramentas gratuitas de edição de imagens que darão todo suporte para você começar.

3 . Selecionando conteúdos

Definir quais são os tipos de conteúdos que interessam para seu público depende muito de qual tipo de persona você quer atingir e também em qual rede ele está.

Você deve adaptar seu conteúdo ao tipo de canal que escolheu trabalhar. Por exemplo: se você vai publicar no Instagram, vai precisar de uma imagem em boa resolução, com não mais do que 20% de texto inserido nela e uma descrição de 140 a 200 caracteres.

26

O Instagram é uma ótima rede para gerar engajamento, então se você puder fazer perguntas em sua descrição para seus usuários responderem, também é uma boa forma de chamá-los para o engajamento.

Se você trabalhar exclusivamente no Facebook, a regra dos 20% ainda é recomendado mas nesta rede você tem mais possibilidades de publicação. Use atualizações comuns da sua página para publicar textos menores e o recurso Notas para textos maiores.

Lembrando que a opção “Impulsionar Publicação” não está disponível para Notas.

Não conte muito com leitura de textos longos no Facebook, pois o público em geral está lá mais para ver conteúdos distrativos e relaxantes do que para tomada de decisões. Esta é uma ótima rede para se aproximar da realidade do seu target.

Você também pode publicar em um blog personalizado da sua empresa e compartilhar o conteúdo no Facebook com uma chamada para ação. Faça testes para descobrir se a sua audiência se interessa por esse formato de conteúdo.

Redes como LinkedIn, no entanto, se alimentam de conteúdos profissionais relacionados a categorias de interesse, cargo, grupos e dados demográficos dos usuários. Você tem a opção de patrocinar conteúdo e artigos por meio do recurso Pulse, mas esse é assunto para outro post.

  1. Mantendo relacionamento

Agora que você já criou seu espaço, sua identidade visual e os primeiros conteúdos da sua estratégia de marketing digital, é preciso manter uma recorrência na gestão dos seus canais para começar a sustentar um bom relacionamento com sua audiência.

27

Isso quer dizer que você deve ficar 24h conferindo mensagens e notificações nas suas redes? Claro que não, nem nós aqui trabalhamos assim.

O que você vai fazer é manter um cronograma de presença em suas redes e mantê-lo em dia. Você vai precisar:

  • Definir pelo menos um dia da semana para publicar um novo conteúdo em seu canal
  • Definir pelo menos 2 horários do dia para responder mensagens, comentários e notificações em suas redes
  • Configurar mensagens automáticas de ausência em sua rede para quando não estiver disponível, sem deixar sua audiência sem resposta.
  • Definir um dia da semana para analisar o que você está fazendo e quais foram os resultados

Aqui na Fresh trabalhamos com cronogramas semanais que incluem exatamente essas funções nas campanhas dos nossos clientes. Existem exceções quando algumas campanhas requerem mais atenção, mas tudo é incluso no cronograma.

Você precisa aprender a se organizar para que sua estratégia de marketing digital flua sem estresse.

  1. Fale menos sobre você

Você já parou para pensar que as pessoas podem não estar interessadas em notícias sobre a sua empresa? Mas uma coisa podemos afirmar: as pessoas estão interessadas em assuntos relacionados à sua empresa e seu produto, e por isso buscam informações todos os dias, em todos os momentos.

Isso quer dizer que usar seus canais para publicar conteúdos unicamente sobre você e seus produtos é chato e não vai funcionar. Desculpe, mas você não precisa nem investir energia e tempo para isso. O tipo de informação que as pessoas querem é outro.

28

Ter um canal de comunicação para sua empresa na internet diz para os usuários que a sua empresa está disposta a ouvir o que ele tem a dizer. Mostra que a empresa se preocupa e que quer estar onde seu público está.

Sua página no Facebook deve ser algo como:

”-Olá cliente, estou aqui para o que precisar”

e não

“-Olá cliente, vim atrás de você oferecer meu produto também no Facebook!”

Você pode sim usar as redes sociais para promover o seu produto, mas o fato das pessoas comprarem ou não está atrelado ao tipo de relacionamento que você tem com elas na internet.

Priorize o SAC Digital antes de bolar sua hiper mega campanha de vendas. Respeite o ciclo de compra dos seus clientes.

RECAPITULANDO

Como começar sua estratégia de marketing digital:

  1. Crie o canal onde vai publicar seus conteúdos (um blog, uma Company Page ou uma página no Facebook)
  2. Crie as imagens que você pretende usar em suas publicações seguindo certa unidade visual. Não precisa ser um expert, só mantenha um padrão nas imagens.
  3. Defina o tipo de conteúdo que você vai trabalhar: oriente-se pelo tipo de público que você quer atingir e principalmente pela rede que escolheu trabalhar. Procure perfis de empresas semelhantes a sua e veja como eles estão fazendo.
  4. Organize sua agenda para dar a devida atenção a sua estratégia de marketing digital (estabeleça dias e horários específicos da semana e do seu dia para trabalhar com a manutenção e geração de novos conteúdos)
  5. Se coloque à disposição do seu público para esclarecer dúvidas, prestar atendimento, gerar valor ao seu relacionamento. Seu resultado em vendas depende fortemente disso.

UFA!

Parece que hoje falamos sobre bastante coisa. Aqui na Fresh Lab também realizamos consultoria para empresas que buscam melhorar seus resultados na internet. Além disso, contamos com a melhor equipe para atender suas necessidades e encontrar a fórmula perfeita para o seu negócio.

Dúvidas? Sugestões? Entre em contato conosco e venha tomar um café com a gente!

Curtiu este conteúdo?

Comentários
BoniEscrito por Boni em 09 de fevereiro de 2017
Contato

Vamos conversar sobre seu próximo projeto? Qual a sua necessidade?