Facebook inicia produção de séries e programas para competir com Netflix

Nosso amigo do site azul não para! Veja mais detalhes sobre a mais nova empreitada de Mark e seus amigos. Veja também como essas mudanças podem afetar o marketing da sua empresa a longo prazo.

Alguns sites de notícias da área de tecnologia publicaram matérias contando a mais nova façanha do pessoal do Facebook.

A empresa decidiu começar a investir em produções independentes de filmes e séries para exibição exclusiva no Facebook. A previsão é que as primeiras versões desse conteúdo estejam disponíveis até o final de setembro.

Apesar da novidade, o Facebook já está produzindo séries e games shows com o objetivo de ser o lugar onde as pessoas se unem em torno dos vídeos. 

Esses recursos permitem que comunidades se formem ao redor dos conteúdos, gerando engajamento, interações e infinitas possibilidades.

O projeto está sendo financiado pelo próprio Facebook, mas já tem projetos de monetização dos programas com publicidade (atenção aqui). Os criadores de conteúdo poderão ser financiados por um sistema que gera receitas, como os algoritmos que pagam o pessoal do Youtube.

Falando em valores, o jornal Wall Street Journal divulgou um orçamento de até 3 milhões de dólares por episódio a ser produzido. As parcerias para colocar tudo isso em órbita são ninguém mais ninguém menos do que os estúdios de Hollywood.

Belo orçamento! 

Até aqui tudo bem. Mais uma notícia de tecnologia que parece não afetar nossas vidas diretamente, mas sim, afetam.

Agências pequenas e empresas de médio e pequeno porte precisam do Facebook para trabalhar. Essas mudanças trazem novidades fantásticas e experiências melhores para os usuários, mas também afetam a maneira como divulgamos nossos negócios. 

Atualmente, o Facebook é uma mídia relativamente barata (se comparado com Google e LinkedIn, por exemplo) e com grande volume de usuários. Realmente tem sido bom fazer um marketing digital de qualidade nessa rede.

Contudo, atrações como essa que visam pagar seu custo com investimento em mídia são perigosas. Isso implica que existam mais anunciantes e mais gente pagando para aparecer no Facebook.


A produção de conteúdo de qualidade é um dos fatores que mais dá gera resultados em campanhas de marketing no Facebook. Contudo, produzir e publicar um bom conteúdo já não é suficiente. 

Precisamos investir para que a publicação atinja o público desejado. Isso é totalmente cabível até para orçamentos pequenos hoje em dia, mas não sabemos até quando.

O Facebook pode crescer em uma velocidade que empresas que anunciam com ele não poderão acompanhar.

O que fazer?

Pense que o Facebook é um ótimo lugar para se relacionar com o seu público e distribuir conteúdo relevante para ele. Também é uma excelente maneira de veicular anúncios com alto alcance e investimento relativamente baixo.

Ainda assim, o Facebook é um espaço que não é seu. Você “aluga” seu espaço no Facebook. 

Por isso estamos tão vulneráveis a atualizações e mudanças. Uma nova regra no Facebook pode fazer com que você não apareça mais, ou que seu conteúdo simplesmente se perca.

Se o Facebook é onde você mora de aluguel, o seu site é a sua casa própria. Tudo que você publica em seu site é seu, e a autoridade conquistada também permanece com você.

Não é errado utilizarmos o Facebook para distribuirmos nosso conteúdo (por mais que precisemos pagar por isso). Ele é uma ferramenta adicional em grande parte das estratégias que fazemos.

Mas a recomendação mais saudável é mesmo criar e manter um bom website, com conteúdo relevante e constantemente atualizado. Você pode construir um boa reputação para sua empresa (ou até mesmo para seu nome) utilizando estratégias orgânicas em postagens de blog, por exemplo.

Aqui na Fresh Lab, nossas estratégias para captação de clientes são 100% orgânicas. Publicamos conteúdos de atração em nosso blog com uma frequência determinada e conseguimos aparecer para quem precisa do nosso serviço.

Cuidar bem do blog da agência tem sido uma das melhores coisas que já fizemos pela empresa. Pense nisso! 😉 

Se você quiser vir conversar com a gente sobre marketing digital ou desenvolvimento de sites, estamos ansiosos para tomar um café e ouvir de você!

Curtiu este conteúdo?

Comentários
JéssicaEscrito por Jéssica em 27 de junho de 2017
Contato

Vamos conversar sobre seu próximo projeto? Qual a sua necessidade?