Indexação: meu site não aparece bem no Google

Nós sabemos que você quer ser encontrado quando pessoas estão buscando por produtos e serviços como os que você oferece. Quando falamos sobre indexação, estamos falando novamente de técnicas de SEO que você pode implementar no seu site para fazer com que o Google e outros mecanismos de busca o encontrem mais facilmente.

Caso você nunca tenha visto essa palavra, indexação é o termo que utilizamos para definir o processo de varredura que os robôs de motores de busca realizam em todos os sites publicados no mundo inteiro para exibir nos resultados quando alguém faz uma pesquisa.

Um site só é encontrável pelo Google quando já teve suas páginas indexadas, ou seja, os robôs que vasculham a internet em busca de resultados de pesquisa relevantes passaram por esse site e definiram um lugar nos resultados correspondentes.

Mas, o que faz com que um site seja “encontrável” ?

Veja principais fatores que influenciam na indexação do seu site:

  • Conteúdo duplicado: falamos um pouco sobre isso em outra dica. Copiar e colar conteúdos de terceiros no seu site é muito mal visto pelo Google.
  • Sites não responsivo: ter um site que não abre corretamente em celulares e tablets faz com que os melhores resultados sejam daqueles que possuem sites responsivos.
  • Navegação pobre/difícil: sites que não tem um bom conteúdo e que não tem boa usabilidade são mal vistos pelos motores de busca. Lembre-se: o Google quer entregar a melhor e mais relevante experiência de busca a todos os usuários sempre. Ajude-o a cumprir essa missão.
  • Ausência de Atributo ALT: O atributo ALT nada mais é do que o nome que você usou para as imagens utilizadas em seu site. Se você usou imagens nomeadas como ‘’00001jgpsite-novo01” o Google nunca vai saber sobre o que essa foto se trata. Isso porque os mecanismos de busca (todos, não só o Google) não “veêm’’ imagens, eles se orientam pelo nome do arquivo que você definiu nas fotos.
  • URL indefinida: dar um nome relevante para suas URL’s também ajuda o Google a entender melhor sobre do que as páginas estão falando. Evite usar URL’s com o final “/produtos/p=IN28795255JH”. Ao invés disso, use algo como /produtos/skate” ou ainda /produtos/contato para que o robô de leitura saiba mais claramente sobre o que se trata cada página.
  • Lentidão: o tempo de carregamento do seu site está diretamente relacionado à como o Google enxerga a experiência dos usuários na página. Semana passada enviamos uma lista com algumas ferramentas que você pode utilizar para ver quanto tempo seu site demora pra carregar.

Como melhorar a indexação do seu site?

Para fazer com que os robôs dos mecanismos de busca indexem o seu site de forma mais otimizada, você precisa:

  1. Eliminar todo e qualquer conteúdo que tenha sido copiado de outro site
  2. Providenciar uma versão do seu site otimizada para exibição em celulares e tablets
  3. Observar a navegação e identificar pontos em que ajustes podem ser realizados para tornar a navegação mais fácil
  4. Publicar conteúdos ricos (o que não significa conteúdo extenso) em suas páginas de destino para tornar a experiência do usuário mais relevante
  5. Renomear suas imagens: o Atributo ALT é a única forma do Google saber do que se tratam as imagens que você usa no seu site. Nomeie da maneira correta para fazer com que as páginas sejam consideradas mais relevantes.
  6. Revise suas URL’s: verifique seu as suas URL’s não estão confusas para identificação da página de destino. Lembre-se: a indexação é feita por robôs que precisam que cada elemento do site se o mais óbvio possível. 
  7. Lentidão: dê uma olhada novamente em como solucionar os problemas de lentidão em seu site e tome providências o mais rápido possível.

Encerramos por enquanto com as dicas de SEO para melhor a indexação do seu site. Não espere para iniciar pelo menos um desses ajustes, pois as otimizações podem levar um tempo até serem reconhecidas pelos robôs do Google.

Curtiu este conteúdo?

Comentários
BoniEscrito por Boni em 22 de Fevereiro de 2017
Contato

Vamos conversar sobre seu próximo projeto? Qual a sua necessidade?